Pular para o conteúdo principal

Aprendi a querer o que Deus quer

“Aprendi a querer o que Deus quer, e tudo o que quiserdes, 
certamente se realizará.” 

“Se, pois quiserdes colher à esquerda, semeai à direita:
meditai neste conselho que tem a aparência de um paradoxo
e que vos faz entrever um dos maiores segredos da filosofia oculta.”

Deus é o Universo, é a alma da Luz, é a verdade absoluta.
Deus é o capaz, é a razão, é o paradoxo de nossas vidas.

Temos o livre arbítrio, mas como toda regra, se tem exceções.
Somos donos do nosso destino, mas o que somos nem sempre
é o que gostaríamos de ser.
Tudo realmente está escrito nos astros e é por esta razão 
que os anjos nos ajudam 
a enfrentar nossas vidas, para que possamos evoluir.
O grande segredo da Magia, é o AMOR, porém é preciso distinguir
o amor que imortaliza do que mata.

Deus sempre enviou anjos à Terra, para que homens
se sintam protegidos e amados na mais remota solidão.
E o que é a solidão senão um aprendizado de elevação.
Aprendi que nada nessa vida acontece por acaso
e se o acaso ocorre, geralmente nós o procuramos.
O amor e o ódio vivem lado a lado.
Quantas vezes pedimos aos anjos 
ou a Deus que nos ajude em alguma coisa? 
Mas quantas vezes agradecemos pelo ar, por esse Sol,
essa terra maravilhosa que está aí, de graça?
Pela dor, aprendemos, mas pelo amor, 
esquecemos de aprender ou de ensinar! 

Nesse momento, coloco toda minha existência e razão de ser,
para que as pessoas possam sentir o alívio, sentir a Paz,
sentir que o material não é nada 
comparado com uma alma leve, solta. 
Todos os dias estamos aprendendo, vivendo e vivenciando
momentos que de repente se perdem com o passar do tempo.
Vivemos reclamando por um amor perdido,
por falta de dinheiro, por falta de CORAGEM.
Deus nos fez a Sua imagem, então,
podemos concluir que somos parte de Deus 
e esse Deus está em nosso consciente.
Se sofremos, Deus sofre.
Se choramos por um amor perdido, Deus chora.
Se cruzamos os braços, Deus cruza também.
Na realidade, o que estou esclarecendo nesse momento, é que na ERA de Aquário, o nosso maior inimigo oculto, somos NÓS mesmos.
Amor não se perde, é eterno. Braços cruzados nos aleijam. 
Chorar, geralmente contrai músculos e chega a envelhecer.
Covardia é Guerra perdida.
A ausência de religião hoje em dia, nos ensina erroneamente a vida, pois nos tornamos cada vez mais materialistas
e é por está razão que os Anjos chegam, para resgatar essa ausência de existência.
Temos que aprender a nos respeitar, a nos amar,
a nos influenciar por verdadeiros valores.
Anjos não tem idade, sexo, ou religião.
Eles são emissários e mensageiros de Deus.
É por intermédio deles que Deus nos ajuda.
É por intermédio deles, que evoluímos a cada vida.
Para cada dia há um Anjo e para cada Anjo há um ser.
Nesse momento, iremos entrar numa lógica do ocultismo.
Vamos verificar como e porque a sua Paz depende tanto
da sua Boa Vontade e de sua Coragem.
Gabriel, um Príncipe angelical, 
avisou a Maria que ela iria Ter um filho de Deus. 
Raphael e tantos outros tiveram e tem suas mensagens para nos dar.

“Temos aqui, uma megacrise e os anjos vieram para nos resgatar
e se não acreditarmos neles como expressão de “fraternidade”
tudo será aniquilado!” 

(Jimmy Carter)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Verbos Transitivos Diretos e indiretos - Exercícios

PREDICAÇÃO VERBAL - OBJETO DIRETO E OBJETO INDIRETO
1. (CESCEM-SP) Os pássaros voam na mata.
a) verbo de ligação;                  b) verbo transitivo direto;
c) verbo transitivo indireto;        d) verbo intransitivo;
e) nenhum dos citados.

2. (CESCEM-SP) O aluno ficou contente com o resultado dos estudos.
a) verbo de ligação;                  b) verbo transitivo direto;
c) verbo transitivo indireto;        d) verbo intransitivo;
e) nenhum dos citados.

3. (Uni-Rio-RJ) Assinale a opção correta quanto à predicação atribuída ao verbo sublinhado na passagem do texto.
a) "A casa fica num alto lavado de ventos." - ligação;
b) "Aqui não há encantos." - intransitivo;
c) "... as zínias e os manjericões que levantavam um muro colorido ao pé dos estacotes" - transitivo direto e indireto;
d) "Sim, só comparo o Nordeste à Tera Santa." - intransitivo;
e) "... em torno do qual gravitam as plantas, os homens e os bichos." - intransitivo.

4. (Medicina Itajub…

Interpretação de texto–Enem–com gabarito

Teste seus conhecimentos resolvendo 12 questões de interpretação de texto para o Enem.



01. O texto a seguir foi extraído de um romance brasileiro. A partir de sua leitura, é possível extrair traços que permitam identificar o estilo literário a que pertence. Assinale a alternativa que indique esses traços e a escola a que o trecho pode ser filiada.


Caía a tarde. No pequeno jardim da casa do Paquequer, uma linda moça se embalançava indolentemente numa rede de palha presa aos ramos de uma acácia silvestre, que estremecendo deixava cair algumas de suas flores miúdas e perfumadas. Os grandes olhos azuis, meio cerrados, às vezes se abriam languidamente como para se embeberem de luz, e abaixavam de novo as pálpebras rosadas. Os lábios vermelhos e úmidos pareciam uma flor da gardênia dos nossos campos, orvalhada pelo sereno da noite; o hálito doce e ligeiro exalava-se formando um sorriso. Sua tez(1), alva e pura como um froco(2)de algodão, tingia-se nas faces de uns longes(3)cor-de-rosa, que iam, …

Exercícios sobre os Elementos da Comunicação

EXERCÍCIOS SOBRE OS ELEMENTOS DE COMUNICAÇÃO

1. O pai conversa com a filha ao telefone e diz que vai chegar atrasado para o jantar.
Nesta situação, podemos dizer que o canal é:
a) o pai
b) a filha
c) fios de telefone
d) o código
e) a fala

2. Assinale a alternativa incorreta:
a) Só existe comunicação quando a pessoa que recebe a mensagem entende o seu significado.
b) Para entender o significado de uma mensagem, não é preciso conhecer o código.
c) As mensagens podem ser elaboradas com vários códigos, formados de palavras, desenhos, números
etc.
d) Para entender bem um código, é necessário conhecer suas regras.
e) Conhecendo os elementos e regras de um código, podemos combiná-los de várias maneiras, criando
novas mensagens.

3. Uma pessoa é convidada a dar uma palestra em Espanhol. A pessoa não aceita o convite, pois não sabia falar com fluência a língua Espanhola. Se esta pessoa tivesse aceitado fazer esta palestra seria um
fracasso porqu…